Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO – Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo – Cod n2811

Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO – Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo – Cod n2811

Editora : Nova| Edição : Junho de 2016
Páginas : 208 |Disponibilidade : Pronta Entrega

R$22,90R$29,90

Limpar
  • Descrição
  • Informação adicional

Descrição

Prepare-se ja com a nova Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO – Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo.

Material indispensável para o aqueles que almejam se preparar para o próximo Concurso da Câmara Municipal de Itumbiara, organizado pela Nucleo de selecao

modelo1Antecipe seus estudos, Prepare-se com o Melhor conteúdo !
Apostila elaborada para a prova da Câmara de Itumbiara, com foco ao cargo de Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo.

A Apostila da Câmara de Itumbiara 2016 foi totalmente revista e atualizada conforme o edital de Junho de 2016 contendo 208 páginas, disponibilizada nas versões : impressa ( formato livro enviado pelos correios) e digital pdf download (um link e liberado para baixar o material podendo estudar em seu iPad, Tablet, PC e Notebook)

No Mercado Concursos você pode comprar a apostila da Câmara de Itumbiara, com total segurança e comodidade, através de cartões de crédito (a vista ou parcelado sem jurosou boleto bancário (a vista), oferecemos os melhores e mais seguros meios de pagamentos da internet como PagSeguro do UOL, Mercado Pago, Bcash, e Moip.

[vc_row][vc_column][vc_tta_tour active_section=”1″ title=””][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-rocket” n_fontawesome=”fa fa-rocket” title=”OBJETIVO” tab_id=”concurso” add_icon=”true”]

Concurso Câmara de Itumbiara 2016

Cargo : Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo
Inscrições:15/07 a 11/08/2016
Salário: de R$ 880,00  a R$ 1.140,00 Provas : 04/09/2016
Nível : Ensino Fundamental completo
Vagas :11
Organizadora: nucleodeselecao  Taxa de Inscrição: R$ 59,00

Aberto concurso público para Câmara de Itumbiara, para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo / Vigilante do Legislativo.

São 06  vagas para Vigilante do Legislativo e 05 vagas para o cargo de Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo
com remuneração de R$ 1.074,84 e carga horária de 40 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir nível médio completo.

As inscrições seguem de 15 de julho de 2016 a 11 de agosto de 2016, pelo site da organizadora, www.nucleodeselecao.ueg.br, 2016.

A taxa de inscrição é de R$ 59,00.

A prova está prevista para ser realizada no dia 11 de Setembro de 2016.

[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-pencil” title=”CONTEÚDO” tab_id=”materias” add_icon=”true”][vc_column_text]O Conteúdo da Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO Contempla :

– Lingua Portuguesa
– Matemática
– Atualidades e Conhecimento Gerais

[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-book” title=”PROGRAMAÇÃO COMPLETA” tab_id=”conteudo-programatico” add_icon=”true”][vc_column_text]Conteúdo programático completo da Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO :

LÍNGUA PORTUGUESA
Interpretação de textos. Concordância verbal. Concordância nominal. Regência verbal. Orações coordenadas. Orações
subordinadas. Locuções verbais. Crase. Verbos. Pontuação. Sintaxe de regência. Figuras de linguagem. Termos da
oração. Ortografia. Processos de formação de palavras. Encontros vocálicos, consonantais e dígrafos. Acentuação
gráfica.

MATEMÁTICA
Números relativos inteiros e fracionários, operações e suas propriedades (adição, subtração, multiplicação, divisão,
potenciação e radiciação). Múltiplos e divisores, MDC e MMC. Frações ordinárias e decimais, números decimais,
propriedades e operações. Expressões numéricas. Equações do 1° e 2° graus. Sistemas de equações do 1° e 2° graus.
Estudo do triângulo retângulo; relações métricas no triângulo retângulo; relações trigonométricas. Teorema de Pitágoras.
Ângulos. Geometria – Área e Volume. Sistema de medidas de tempo, sistema métrico decimal. Números e grandezas
proporcionais, razões e proporções. Regra de três simples e composta. Porcentagem. Juros simples – juros, capital,
tempo, taxas e montante. Média aritmética simples e ponderada. Conjunto de números reais e conjunto de números
racionais. Problemas envolvendo os itens do programa. Porcentagem e juros simples.

ATUALIDADES E CONHECIMENTOS GERAIS
Conhecimentos de assuntos atuais e relevantes relacionados a fatos políticos, econômicos, sociais, educacionais, de
tecnologia, de segurança pública, ambientais, desenvolvimento sustentável, saúde e de esportes. Cultura geral, aspectos
e fatos geográficos, históricos e éticos regionais e nacionais.

[/vc_column_text][/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-star” title=”DIFERENCIAIS” tab_id=”diferenciais” add_icon=”true”][vc_column_text]A Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO foi atualizada com base no edital publicado recentemente o que torna o seu conteúdo atual e relevante.

Não basta estudar, coloque em prática seus conhecimentos, o  material conta com exercícios que seguem a linha de avaliação da banca examinadora do concurso, desta forma, você já fica familiarizado com a estrutura de prova.

Não perca tempo, antecipe seus estudos compre agora a Apostila Concurso Câmara de Itumbiara – GO aqui no Mercado Concursos! Somos líderes de mercado na Distribuição de apostilas para concursos fornecemos materiais com  alto índice de aprovação de nossos consumidores[/vc_column_text][/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-user” title=”REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES” tab_id=”requisitos-e-atribuicoes” add_icon=”true”][vc_column_text]

Requisitos para ingresso :  Ensino Fundamental Completo. 

Síntese das Atribuições do Auxiliar de Serviços Gerais do Legislativo :
SUMÁRIA:
Realiza trabalhos de limpeza em geral a fim de manter as condições de higiene e conservação do local de trabalho,
de equipamentos e de prédios públicos.

DETALHADA:
Executa o serviço de limpeza das vias, utilizando pás, vassouras apropriadas, ferramentas e máquinas para manter a
conservação e limpeza da Câmara. Auxilia a poda das plantas na época certa, utilizando ferramentas destinadas a
esse fim, para manter o ambiente harmônico, limpo e agradável. Cuida da conservação de áreas internas e externas,
executando a limpeza e a manutenção das instalações, tais como serviços de pequenos reparos elétricos, hidráulicos,
em máquinas e equipamentos, restauração de alvenaria, pintura e outros. Executa serviços de troca de lâmpadas,
instalações de luminárias, atendendo a solicitações, para garantir o desenvolvimento dos trabalhos. Executa a ronda
diurna ou noturna nas dependências e edifícios e áreas adjacentes ao poder público verificando se portas, janelas,
portões e outras vias de acesso estão fechados corretamente. Examina as instalações hidráulicas e elétricas e
contando irregularidades, para possibilitar a tomada de providências necessárias a fim de evitar roubos, prevenir
incêndios e outros danos. Efetua a poda e a capinação de ervas daninhas que prejudiquem o aspecto e asseio do
município. Auxilia na remoção de móveis de uma sala para outra ou de um departamento para outro, quando
solicitado. Zela pela conservação dos equipamentos, ferramentas e máquinas utilizadas, observando as normas de
segurança e conservação, para obter melhor aproveitamento;
Executa outras atividades correlatas ao cargo e/ou determinadas pelo superior imediato.

Síntese das Atribuições do Vigilante do Legislativo :

SUMÁRIA: Exerce vigilância em estabelecimentos públicos, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas
dependências, para evitar incêndios, roubos e outras anormalidades, bem como para controlar e orientar o acesso de
pessoas aos prédios e demais instalações.
DETALHADA: Executa ronda diurna e noturna nas dependências dos estabelecimentos públicos, observando a entrada, trânsito e
saída de pessoas e bens, para evitar roubos, atos de violência e outras infrações à ordem e Segurança. Verifica se
portas e janelas, portões e outras vias de acesso estão fechadas corretamente. Examina as instalações hidráulicas e
elétricas, para constatar possíveis irregularidades e adotar providências para evitar incêndios e outros danos.
Controla e orienta o acesso de pessoas ao prédio da Câmara Municipal e demais instalações públicas, inclusive nas
sessões ordinárias e extraordinárias. Presta informações a servidores e ao público em geral, pessoalmente ou por
telefone. Zela pela conservação e guarda do material de trabalho. Exerce vigilância no prédio da Câmara Municipal e
outros bens públicos municipais pertencentes à Câmara, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas
dependências, visando à proteção, à manutenção da ordem, evitando a destruição do patrimônio público. Inspeciona
as dependências da organização, efetuando ou supervisionando os trabalhos de limpeza, remoção ou incineração de
resíduos, para assegurar o bem-estar dos ocupantes. Desenvolve outras funções da mesma natureza, eventuais ou
não, ligadas à sua área de atuação.

[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-user” title=”SOBRE A INSTITUIÇÃO” tab_id=”sobre-a-instituicao” add_icon=”true”][vc_column_text]

Conhecendo a Câmara de Itumbiara : 

camara-municipal-de-itumbiara

Câmara dos vereadores

Nos anos de 1910/1930 a Câmara dos vereadores da cidade de Itumbiara, Goiás, não existia. Era apenas um conselho municipal responsável pelas pequenas transformações que lentamente fundamentavam o município.

O Conselho Municipal, como era chamado, deixou um marco para a história local. Comandada pelos coronéis a província de Santa Rita do Paranaíba, hoje Itumbiara, teve Sidney Pereira de Almeida como presidente do conselho por 12 anos. Hoje ele é conhecido como o gestor que mais assumiu a cadeira de presidente de um órgão público no município.
Sua família é reconhecida como uma das percussoras na fundação da cidade de Itumbiara.

Após o término da ditadura de Getúlio Vargas o poder legislativo é instituído como Câmara Municipal de Itumbiara, sendo a primeira diretoria eleita por voto popular.

A primeira diretoria foi composta por: Homero Orlando Ribeiro, José Pedro de Faria, João Henrique Duarte, Floriano de Carvalho, Amadeu Garcia. O vereador Homero Orlando Ribeiro, foi o primeiro privilegiado a ocupar o cargo de presidente da Câmara de Itumbiara, instalada no dia 06 de dezembro de 1947.

José Mendes Pereira “Zé Viola”, faz parte da história de Itumbiara como compositor de modas sertanejas, radialista renomado e como o vereador que mais legislou, somando um total de seis legislaturas, ficando 27 anos consecutivos no cargo.

Atualmente a presidência da Câmara Municipal de Itumbiara, Goiás, é encabeçada pelo vereador Edinaldo Pereira de Oliveira (Dalminho).

  A História de Itumbiara

Sua origem data de 1824, quando o Português, Marechal Cunhas Matos aqui instalou o Porto de SANTA RITA DO PARANAÍBA para atender a passagem da estrada que ligava a região a Uberaba em Minas Gerais.

O local começou a ser povoado com a vinda de várias famílias com o objetivo de explorar, através da agricultura e pecuária, as terras férteis do Vale do Paranaíba.

Essas famílias ergueram uma capela denominada “Santa Rita”, que mais tarde viria a ser a padroeira da cidade.

A área a ser instalado o futuro município, foi doada pelas famílias de José Domingos da Costa, José Bernardo da Costa, Antônio Francisco Gardiano, cujo documento foi lavrado em 17 de janeiro de 1824. Em 02 de agosto de 1824 foi criado o Distrito e freguesia de Santa Rita do Paranaíba, por resolução Provincial de nº 18, elevado a Paróquia pelo Bispo de Goiás, Dom Prudêncio.

Foi criado, em 16 de julho de 1909, o Município de Santa Rita do Paranaíba através da Lei nº 349, sancionada pelo Governo Urbano Coelho, tendo sido instalado o Município em 12 de outubro de 1909. Um fato bastante benéfico ao desenvolvimento do recém emancipado Município, foi a inauguração da Ponte Affonso Penna em 15 de novembro de 1909, pelo então Presidente da República, Dr. Afonso Augusto Moreira Penna.

Através de uma consulta popular, realizada em 31 de dezembro de 1943, na gestão do Prefeito José Gomes de Lima, o Município de Santa Rita do Paranaíba passou a chamar-se ITUMBIARA, que em língua indígena significa “CAMINHO DA CACHOEIRA”, justamente porque tínhamos no município uma das mais belas cachoeiras do país “CACHOEIRA DOURADA”, hoje extinta pela construção da Usina Hidrelétrica de Cachoeira Dourada, distante aproximadamente 30 Km de Itumbiara.

Durante a Revolução Constitucionalista de 1932, Itumbiara foi palco do violento confronto do Exército com as forças rebeldes do Estado de São Paulo. Esse MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO era formado principalmente por advogados, professores, comerciários e estudantes universitários, que tinham como objetivo principal a convocação imediata de eleições gerais para Presidente da República do Brasil, Deputados e Senadores e a conseqüente elaboração de uma nova Constituição para o Brasil. Embora GetúlioVargas, então Presidente do Brasil, tenha sufocado os revolucionários paulistas, as eleições foram convocadas para 1933 e os brasileiros passaram a viver num Estado de Direito a partir da promulgação da Constituição de 1934. A Ponte Affonso Penna guarda ainda hoje, através de perfurações à bala, marcas desse episódio da História Brasileira.

A iluminação elétrica, apesar da quantidade de água cercando a cidade, só foi implantada em 1933.

Pode-se afirmar que o crescimento da cidade foi impulsionado pela abertura das primeiras estradas intermunicipais, isso em 1918, que além de encurtar as distâncias e o tempo das viagens, ampliou os caminhos do progresso.

No início do século XX surgiram as primeiras iniciativas para a criação de escolas, que foram aumentando com o crescimento do município, quase no mesmo instante que a imprensa se tornou realidade em 1919, isso graças ao Jornal “ O Comércio” .

Por sua localização estratégica, foi palco de duas revoluções na década de 30.

A primeira, a Revolução de 30 – confronto ocorrido entre as forças militares leais ao Presidente Washington Luís e os simpatizantes da idéias reformistas do futuro Presidente Getúlio Vargas – contou com a participação de cem itumbiarenses.

A segunda, a Revolução Constitucionalista de 1932, trouxe tensão à população, pelos confrontos entre o Exército e as forças rebeldes formadas por civis e militares do Estado de São Paulo.

O município perdeu parte de seu território com a emancipação dos Distritos de:
Panamá em 1952; Cachoeira Dourada em 1982; Inaciolândia em 1993;

A cidade recebeu, durante sua história, as visitas do Presidente da República Affonso Augusto Moreira Pena, Juscelino Kubitschek de Oliveira, Emílio Garrastazu Médici, Ernesto Geisel, João Batista de Oliveira Figueiredo, Fernando Affonso Collor de Mello e Fernando Henrique Cardoso.

Fonte: Prefeitura de Carneirinho

[/vc_column_text][/vc_tta_section][/vc_tta_tour][/vc_column][/vc_row]

Informação adicional

CARGO

EDITORA

NIVEL

TIPO

CONCURSO

ESTADO

ORGANIZADORA

CIDADE

ESCOLHA UMA VERSÃO

,