Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem

Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem

Editora : Opção| Edição : Maio de 2016
Páginas : 544    |Disponibilidade : Pronta Entrega

R$44,90R$64,90

Limpar
  • Descrição
  • Informação adicional
  • Avaliações (0)

Descrição

Adquira já a Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem

modelo1Prepare-se com o Melhor conteúdo !

Apostila elaborada especificamente para a prova da Prefeitura de Natal.

A Apostila Prefeitura de Natal foi totalmente revista e atualizada conforme o edital de Maio de 2016 contendo 544  páginas sendo disponibilizada na versão impressa e digital pdf download.

Este Preparatório Inclui :
Uma Apostila + Um Cd Rom de Brinde com testes (conteúdo disponível também na versão digital)

Concurso Prefeitura Municipal do Natal / RN

Cargo : TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Inscrições: de 05/05/2016 a 19/05/2016
Salário: R$ 1.369,61 Provas : 19/06/2016
Nível : Médio
Vagas : 390
Organizadora :  Prefeitura Municipal do Natal Taxa de Inscrição: R$ 15,00

Garanta já a sua apostila para processo seletivo da Prefeitura Municipal do Natal e Secretária Municipal de Saúde, para o cargo de

Técnico de Enfermagem. São 390 vagas, com remuneração de R$ 1.369,61 e carga horária de 30 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir nível médio.

As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico da Prefeitura Municipal do Natal,www.natal.rn.gov.br, no período de 05 de maio de 2016 a 19 de maio de 2016. A taxa de inscrição é de R$ 15,00.

A prova está prevista para ser realizada no dia 19 de junho de 2016.

O Conteúdo da Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem Contempla :

Conhecimentos Gerais
– Língua Portuguesa
– Atualidades
– Informática
– Conhecimentos de SUS
Conhecimentos Específicos

Conteúdo programático completo da Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem

CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO
LÍNGUA PORTUGUESA:
Compreensão e interpretação de textos; Variação linguística; gêneros de texto; Estilística: Figuras de linguagem. Coerência e coesão textuais; Semântica: Sinônimos; Antônimos;
Homônimos; Parônimos. Ortografia oficial; acentuação gráfica; Ortografia: Dificuldades
ortográficas; Emprego do “s, z, g, j, ss, ç, x, ch”; Estrutura da oração e do período:
aspectos sintáticos e semânticos; Morfologia (Flexão e Emprego): Substantivo; Adjetivo;
Pronome; Artigo; Preposição; Numeral; Advérbio; Interjeição; Verbo-flexão. Substantivo:
classificação, flexão, emprego; Adjetivo: classificação, flexão, emprego; Pronome:
classificação, emprego, colocação dos pronomes pessoais oblíquos átonos, formas de
tratamento; Verbo: conjugação, flexão, propriedades, classificação, emprego, correlação
dos modos e tempos verbais, vozes; Advérbio: classificação e emprego; Coordenação e
subordinação; Concordância verbal e nominal; Sujeito: classificação; Predicado: verbal,
nominal e verbo – nominal; Regência verbal e nominal; Emprego do sinal indicativo da
crase; Adjuntos adnominais e adverbiais; Pontuação.

ATUALIDADES:
Noções gerais sobre a vida econômica, social, política, tecnológica, relações exteriores,
segurança e ecologia com as diversas áreas correlatas do conhecimento juntamente com
suas vinculações histórico-geográficas em nível nacional e internacional. Descobertas e
inovações científicas na atualidade e seus respectivos impactos na sociedade contemporânea.
Atualidades (notícias divulgadas em jornais, revistas, televisão e Internet nos últimos seis
meses): descobertas e/ou inovações científicas na atualidade e seus respectivos impactos
na sociedade contemporânea.

INFORMÁTICA:
Segurança: Rotinas de segurança da informação e recuperação de arquivos; Procedimento
para a realização de cópia de segurança; Rotinas de backup e prevenção de vírus; Sistema
Operacional: Configurações básicas do Sistema Operacional (painel de controle); Organização
de pastas e arquivos; operações de manipulação de pastas e arquivos (copiar, mover, excluir
e renomear); Office 2010 – Pacote de software Microsoft Office (Word, Excel, Power Point,
Outlook) e suas funcionalidades – Windows XP Organização: Organização de pastas e arquivos;
operações de manipulação de pastas e arquivos (copiar, mover, excluir e renomear); Principais
navegadores para Internet; Correio Eletrônico: Conceitos básicos; Formatos de mensagens;
Transmissão e recepção de mensagens; Catálogo de endereços; Arquivos Anexados; Conceito
de Internet e Intranet: Conceitos de organização de arquivos e métodos de acesso.

CONHECIMENTOS DE SUS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO
Organização dos serviços de saúde no Brasil: Sistema Único de Saúde – Definição de SUS;
Princípios e diretrizes do SUS; Direito à informação; Hierarquização dos níveis de atenção;
Referência e Contra referência; Controle social; Humanização em serviços de saúde;
Resolução 399/96 que divulga o pacto pela saúde 2006 – consolidação do SUS e aprova
as diretrizes Operacionais do referido pacto; Noções sobre Políticas de Saúde no Brasil; Lei
Orgânica da Saúde– Lei 8080/90, Lei 8142/90. Decreto nº 7.508/2011. O planejamento
da saúde; Assistência à saúde; Indicadores de saúde; Sistema de notificação e de vigilância
epidemiológica e sanitária; Endemias/epidemias: situação atual, medidas de controle e
tratamento; Planejamento e programação local de saúde, Distritos Sanitários e enfoque
estratégico; Portarias e Leis do SUS, Políticas Públicas de Saúde e Pacto pela Saúde. Rede
cegonha, Rede de atenção psicossocial, Rede de atenção às doenças crônicas, Rede de atenção a pessoa com deficiência, Rede de urgência e emergência.
Referência Bibliográfica:
• BRASIL. PORTAL DA SAÚDE – SUS: Ações e Programas; Orientação e Prevenção; Saúde
Para Você. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/
• BRASIL. Ministério da Saúde. Cartilha Entendendo o Sus.
• BRASIL. O SUS de A a Z: garantindo saúde nos municípios. Ministério da Saúde, Conselho
Nacional das Secretarias Municipais de Saúde. – 3ª edição. – Brasília: Editora do Ministério
da Saúde, 2009.
• BRASIL. RESOLUÇÃO Nº 4, DE 19 DE JULHO DE 2012 – Dispõe sobre a pactuação
tripartite acerca das regras relativas às responsabilidades sanitárias no âmbito do Sistema
Único de Saúde (SUS), para fins de transição entre os processos operacionais do Pacto pela
Saúde e a sistemática do Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde (COAP).
• BRASIL. PORTARIA Nº 2.488, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011 – Aprova a Política Nacional
de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização
da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes
Comunitários de Saúde (PACS).
• BRASIL. PORTARIA Nº 4.279, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 – Estabelece diretrizes para
a organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).
• BRASIL. PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 – Institui a Política Nacional de
Regulação do Sistema Único de Saúde – SUS.
• BRASIL. PORTARIA Nº 2.923, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2013 – Institui incentivo
financeiro de investimento para a aquisição de equipamentos e materiais permanentes e
de custeio para re-forma, destinados à implantação e/ou implementação de Centrais de
Regulação de Consultas e Exames e Centrais de Regulação de Internações Hospitalares
de que trata a Portaria nº 1.559/GM/MS, de 1º de agosto de 2008, e implementação de
Unidade Solicitante no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).
• BRASIL. PORTARIA Nº 1.459, DE 24 DE JUNHO DE 2011 – Institui, no âmbito do Sistema
Único de Saúde – SUS – a Rede Cegonha.
• BRASIL. PORTARIA Nº 2.351, DE 5 DE OUTUBRO DE 2011 – Altera a Portaria nº 1.459/GM/MS,
de 24 de junho de 2011, que institui, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a Rede Cegonha.
• BRASIL. PORTARIA Nº 650, DE 5 DE OUTUBRO DE 2011 – Dispõe sobre os Planos de
Ação Regional e Municipal da Rede Cegonha.
• BRASIL. PORTARIA Nº 1.600, DE 07 DE JULHO DE 2011 – Reformula a Política Nacional de Atenção
às Urgências e institui a Rede de Atençãoàs Urgências no Sistema Único de Saúde (SUS).
• BRASIL. PORTARIA Nº 1.601, DE 7 DE JULHO DE 2011 – Estabelece diretrizes para a
implantação do componente Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e o conjunto de
serviços de urgência 24 horas da Rede de Atenção às Urgências, em conformidade com a
Política Nacional de Atenção às Urgências.
• BRASIL. PORTARIA Nº 2.026, DE 24 DE AGOSTO DE 2011 – Aprova as diretrizes para a
implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e sua Central de
Regulação Médica das Urgências, componente da Rede de Atenção às Urgências.
• BRASIL. PORTARIA Nº 2.029, DE 24 DE AGOSTO DE 2011 – Institui a atenção domiciliar
no âmbito do SUS.
• BRASIL. PORTARIA N.º 793, DE 24 DE ABRIL DE 2012 – Institui a Rede de Cuidados à
Pessoa com Deficiência no Âmbito do SUS.
• BRASIL. PORTARIA N.º 835, DE 25 DE ABRIL DE 2012 – Institui incentivo financeiro de
investimento e custeio para o componente Atenção Especializada da Rede de Cuidados à
Pessoa com Deficiência no Âmbito do SUS.
• BRASIL. PORTARIA Nº 3.090, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011 – Dispõe sobre o repasse de incentivo
de custeio para Serviços Residenciais Terapêuticos – SRT (republicada em 31.12.2011).
• BRASIL. PORTARIA Nº 3.089, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011 – Dispõe sobre o
financiamento dos CAPS no âmbito da RAPS (republicada em 31.12.2011).
• BRASIL. PORTARIA Nº 3.088, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011 – Institui a Rede de Atenção
Psicossocial no SUS – RAPS (republicada em 31.12.2011);
• BRASIL. PORTARIA Nº 148, DE 31 JANEIRO 2012 – Define normas de funcionamento e
habilitação do Serviço Hospitalar de Referência do Componente Hospitalar da RAPS e institui
incentivos financeiros de investimento e custeio.
• BRASIL. PORTARIA Nº 132, DE 26 JANEIRO 2012 – Institui incentivo financeiro de custeio
para o componente Reabilitação Psicossocial.
• BRASIL. PORTARIA Nº 131, DE 26 JANEIRO 2012 – Institui incentivo financeiro de custeio para
apoio aos Serviços de Atenção em Regime Residencial, incluídas as Comunidades Terapêuticas.
• BRASIL. PORTARIA Nº 123, DE 25 JANEIRO 2012 – Define critérios de cálculo de equipes de CR.
• BRASIL. PORTARIA Nº 122, DE 25DE JANEIRO 2012 – Define diretrizes para os
Consultórios na Rua – CR.
• BRASIL. PORTARIA Nº 121, DE 25 DE JANEIRO 2012 – Institui Unidade de Acolhimento – UA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA TÉCNICO DE ENFERMAGEM
Procedimentos de enfermagem; Esterilização de materiais e higiene e limpeza em
estabelecimento de assistência à saúde. Noções gerais; Sinais vitais; Posições para exames;
Assistência de enfermagem ao exame físico; Técnica de coleta de espécime para exames
complementares; Urina tipo I EAS rotina e uranálise; Fezes; Escarro; Sangue; Lavado
gástrico; Preparo da unidade do paciente; Atendimento das necessidades básicas do
paciente; Medidas para o conforto do paciente; Mobilização; Movimentação e transporte
do paciente acamado; Higiene corporal; Controle hídrico do paciente; Administração de
medicamentos. Tratamentos diversos: Aplicações quentes e frias; Cateterismo vesical;
Lavagem intestinal (enteróclise); Lavagem gástrica; Assistência de enfermagem aos
pacientes portadores de feridas; Feridas; Classificação das feridas; Tipos de cicatrização;
Fatores que afetam a cicatrização normal; Curativo; Retirada de pontos; Bandagem. 4



A Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem foi atualizada com base no edital publicado recentemente o que torna o seu conteúdo atual e relevante.

Não basta estudar, coloque em prática seus conhecimentos, o  material conta com exercícios que seguem a linha de avaliação da banca examinadora do concurso, desta forma, você já fica familiarizado com a estrutura de prova.

Estude o quanto antes e garanta logo sua vaga.

Compre agora a Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem com o Mercado Concursos!

Somos líderes de mercado na Distribuição de apostilas para concursos fornecemos materiais com  alto índice de aprovação de nossos consumidores 

administrativo_fundoATRIBUIÇOES : Tarefas administrativas como: recepcionar e expedir listagem de trabalhos processados; efetuar controle de material de expediente; digitar e inserir no sistema tabelas, correspondências, relatórios, circulares, formulários, informações processuais, requerimentos, memorando e outros relatórios; providenciar a duplicação de documentos utilizando máquinas para tal, preenchendo requisições e angariando assinaturas; conferir nomes, endereços e telefones extraídos de documentos recebidos, fichas e outros; fechamento de planilhas e de bloquetes de débitos e créditos bancários; preparar quadros demonstrativos, tabelas, gráficos, mapas, formulários, fluxogramas e outros instrumentos, consultando documentos, efetuando cálculos, registrando informações com base em dados levantados, com o intuito de criar relatórios, disponibilizar informações pertinentes e padronizar e otimizar o rendimento; elaborar cronogramas e acompanhar a realização dos eventos, bem como administrar a agenda do superior, facilitando o cumprimento das obrigações assumidas, contribuindo com o cumprimento de prazos. REQUISITOS BÁSICOS:Ensino Médio Completo. Conhecimentos em informática e redação oficial

Informação adicional

CARGO

EDITORA

NIVEL

TIPO

INSTITUIÇÃO

CIDADE

ESTADO

Reviews

Não há avaliações ainda.


Seja o primeiro a avaliar “Apostila Prefeitura de Natal / RN – Técnico de Enfermagem”